Sócios

sábado, 30 de abril de 2011

"Cantada com amor" de GibranSimoes

Olá a todos, gostaria de agradecer sempre a participação de todos os meus seguidores e amigos.
Hoje estive estudando um pouco de poesia e no meio destes estudos, encontrei um video no YouTube que gostei muito e quero compartilhar com todos os seguidores desta Sociedade. O video e a poesia é de um autor chamado GibranSimoes, gostei muito da simplicidade como foi escrita e como também tenho minhas habilidade com a música, o dedilhado do violão me fascinou.  Parabenizo o GibranSimoes por esta obra linda. A letra segue abaixo:

video

Cantada com amor  

E por causa de um professor de poesia
Eu faltei as aulas de ensinar poesia
Não sou matemático
Nem gosto de rebeldia
Apenas preservei o meu amor
Naqueles dias

Como poderias ensinar-me a sentir
Me passar a experiência experienciada por ti?
Como poderias reprovar o meu direito
De não adestrar a poesia que viva sai do meu peito?

Peço-lhes desculpas meu querido professor
Mas eu não acredito que haja regras pro amor
Peço-lhe perdão por eu te dizer um dia
Que o teu ganha pão só plastifica
Minhas alegrias

Você plastifica minhas tristezas
Que devem morrer pra virar força e beleza
Peço-lhe desculpas meu querido professor
Mas essa poesia foi cantada com amor...

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Meu Relógio de Areia

Como é difícil falar de coisas simples
falar do que o pensamento traz
do que o vento nos faz
como é, difícil!
falar!
é!

É!
falar!
difícil, é como
se eu fosse o vento
se fosse o teu pensamento
como é difícil ser algo tão simples

Kleber J G Martins

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Pedido

Olho para o teto
buscando inspiração
sinto no ar o frio
um calafrio, um arrepio

Olho o dicionário
buscando inspiração
logo penso em meu amor
por favor! traz um doutor!

Se saudade for doença
pra que logo eu fique bom
eu lhe peço um remédio
sem assédio e sem tédio

Ainda busco inspiração
olhando para o nada
logo penso em meu Senhor
por favor! traz meu amor

Senhor! digo em forte oração
pra que logo eu fique bom
no teu conforto me deleito
satisfeito, digo amém em som perfeito

Kleber J G Martins

sábado, 2 de abril de 2011

Ponto de exclamação

Hoje pensei falar na dor
no amor cantar e gritar
ser protagonista e ser ator
me cansei de ser e de pensar

Quero falar do íntimo
da alma e do meu ser
de dentro do centro no último
o âmago do humano ver

Pensei na erupção
no espirro e no arroto
no cuspe da ejaculação
no belo, concreto escroto

Pensei no núcleo e no fogo
pensei em uma explosão
na vida no tempo e no jogo
pensei no ponto de exclamação

Penso, logo existo!
me olho, me toco e me sinto
na realidade eu desisto
parei com esse vinho tinto!

Kleber J G Martins